 Bem-vindo!  Willkommen!  Bienvenido!  Bienvenue!  Benvenuti!  Welcome!  歡迎! Καλως ηλθατε!  Добро пожаловать! !مرحبا

VISITA O RETALHOS 2 em http://betus-pax2.blogspot.com

17 dezembro 2013

Óh! Vinde sem demora (antífonas do Ó)

As antífonas do Ó, ricas na sua beleza e no que simbolizam neste tempo do advento, são antífonas - pequenas frases que, desde hoje e até ao dia 23, rezamos ou cantamos como antífonas do Magnificat, na Oração de Vésperas, e como estrofe da aclamação ao Evangelho da Eucaristia. Refira-se ainda que nestes momentos da liturgia estas antífonas já estão um pouco mais simplificadas mas sem perderem o verdadeiro sentido original.
Pesquisei na net em vários sítios, pedi ajuda aos confrades mais doutos que eu nestas coisas da liturgia. O texto que se segue é o meu resumo do que pude aprender.
Desde o dia 17 de Dezembro ao dia 23, nos momentos litúrgicos acima referidos, cantam-se as antífonas do Ó, habitualmente com
melodias gregorianas, antes e depois do Magnificat. Ao que parece terão sido compostas entre os séculos VII e VIII. Pode dizer-se que no seu conjunto resumem um verdadeiro e admirável compêndio da cristologia da antiga Igreja, sendo um resumo expressivo do desejo de salvação de toda a humanidade, tanto de Israel no Antigo Testamento, como da Igreja no Novo Testamento. Trata-se de pequenas estrofes ao jeito de oração, dirigidas a Cristo e que resumem o espírito deste tempo de Advento e Natal.
Ao cantar, proclamar ou rezar estas antífonas a Igreja expressa a sua admiração diante do mistério de
Deus feito Homem.
É de realçar a força com que começam, através da
interjeição «Ó», que nos adentra para uma compreensão cada vez mais profunda de tal mistério, bem como a forma suplicante com que terminam: «Vem, não tardes mais!». Estas antífonas são súplicas a Cristo, reverenciando o Senhor que vem, com um título diferente em cada dia, título messiânico retirado do Antigo Testamento, mas que de alguma forma preconiza toda a plenitude que se realizará no Novo:
As antífonas em latim têm uma outra particularidade que eu não sabia e que aprendi agora. Vejamos como começam elas em latim e os dias correspondentes:
17 de dezembro: "O Sapientia" (Ó Sabedoria, que saístes da boca do Altíssimo)18 de dezembro: "O Adonai" (Ó meu Senhor, Guia da Casa de Israel)19 de dezembro: "O Radix" (Ó Raiz de Jessé)20 de dezembro: "O Clavis" (Ó Chave de David)21 de dezembro: "O Oriens" (Ó Sol nascente, esplendor da Luz Eterna)22 de dezembro: "O Rex gentium" (Ó Rei das Nações)23 de dezembro: "O Emmanuel" (Ó Deus connosco)Se lermos as palavras, formadas pelas letras iniciais das palavras latinas, após a interjeição “O”, e lidas no sentido inverso, da última para a primeira, encontramo-nos diante do acróstico (composição poética em que as letras iniciais dos versos, ou as do meio, ou as do final, formam uma frase ou uma palavra) «ERO CRAS».
De acordo com os meus confrades, doutos nestas cousas, “ero” significa “ontem” e “cras” significa “amanhã”.
Aumentou a minha curiosidade acerca da tradução e significado de tal acróstico. Voltei a questionar os confrades e, dizem eles, e eu assim o creio, significa «virei amanhã, serei amanhã, estarei amanhã», reflectindo desta forma a resposta do
Messias à súplica dos fiéis.

Deixo aqui o texto em latim e a tradução que encontrei para a língua Lusa. Confio que esta esteja correcta e com o verdadeiro sentido do original.
Em cada dia respectivo presidirá, no painel rolante (em cima), a antífona respectiva como forma de oração desse dia.

O Sapientia, quae ex ore Altissimi prodiisti, attingens a fine usque ad finem, fortiter, suaviterque disponens omnia: veni ad docendum nos viam prudentiae.
Ó Sabedoria, que saístes da boca do Altíssimo, e atingis até os confins de todo o universo, e com força e suavidade governais o mundo inteiro: oh vinde ensinar-nos o caminho da prudência!

O Adonai, et dux domus Israel, qui Moysi in igne flammae rubi apparuisti, et ei in Sina legem dedisti: veni ad redimendum nos in brachio extento.

Ó Adonai (Senhor), guia da casa de Israel, que aparecestes a Moisés na sarça ardente, e lhe destes a vossa lei sobre o Sinai, vinde salvar-nos com braço poderoso!

O Radix Jesse, qui stas in signum populorum, super quem continebunt reges os suum, quem gentes deprecabuntur: veni ad liberandum nos, jam nolli tardare.

Ó Raiz de Jessé, ó estandarte, levantado em sinal para as nações! Ante vós se calarão os reis da terra, e as nações implorarão misericórdia: Vinde salvar-nos! Libertai-nos sem demora!


O Clavis David, et sceptrum domus Israel, qui aperis, et nemo claudit; claudis, et nemo aperit: veni et educ vinctum de domo carceris, sedentem in tenebris et umbra mortis.

Ó Chave de David, ceptro da casa de Israel, que abris e ninguém fecha, que fechais e ninguém abre: vinde logo e libertai o homem prisioneiro que, nas trevas e na sombra da morte está sentado.


O Oriens, splendor lucis aeternae et sol justitiae: veni et illumina sedentes in tenebris et umbra mortis.

Ó Sol Nascente justiceiro, resplendor da Luz eterna: Oh, vinde e iluminai os que jazem entre as trevas e na sombra do pecado e da morte estão sentados.

O Rex Gentíum, et desideratus earum, lapisque angularis, qui facis utraque unum: veni, et salva hominem quem de limo formastí.


Ó Rei das Nações, desejado dos povos; ó Pedra Angular, que os opostos unis: Oh, vinde e salvai este homem tão frágil, que um dia criastes do barro da terra!

O Emmanuel, Rex et legifer noster, expectatio gentium et Salvator earum: veni ad salvandum nos, Domine Deus noster.

Ó Emanuel – Deus-connosco, nosso Rei Legislador, Esperança das Nações e dos povos Salvador: Vinde enfim para salvar-nos, ó Senhor nosso Deus!

Termino suplicando “Maranatha!” , vem Senhor Jesus!
(fontes: Wikipédia, a enciclopédia livre, outros sítios da net e Dictionnaire de Archeologie Chretienne et de Liturgie, publié par Dom Fernand Cabral, XII, Paris, 1936, p. 1816)

10 comentários:

esperança disse...

Que bela catequese sobre as Antífonas do Ó!
Como ainda há tanta coisa que podemos aprender...

Obrigada pelo esforço dedicado a todos nós, para que estas semanas do Advento sejam vividas com mais intensidade, não apenas a nível de emoções, como é próprio deste tempo, mas também no sentido de um mais profundo conhecimento do tempo litúrgico que estamos a celebrar.

E a música... Embora esta que colocou agora já seja mesmo de Natal (é a música do “Ó Santíssima”, mas a letra em alemão é de Natal), evoca na memória do meu coração momentos belíssimos vividos em família e em Igreja: era sempre o cântico final da Missa do Galo na minha terra natal, com a igreja da aldeia a abarrotar de gente a cantar que até o chão vibrava...

Obrigada pelo tempo dedicado a esta “rosa” que está tão bela!

Andreia disse...

Obrigada por esta informação, é sempre bom aprender, o saber não ocupa lugar.
Realmente por vezes falta a parte do porque que se faz e realmente hoje fiquei a saber um pouco mais, obrigada.
O que me fica sem duvida é "virei amanhã, serei amanhã, estarei amanhã", este tempo a Advento espero isso mesmo que o Menino seja sempre o Amanhã nos meus dias.
Um abraço fraterno
Paz e Bem

mariana disse...

Frei PAZ E BEM!

OBRIGADA pelo seu esforço, para nos esclarecer sempre mais e melhor, em relação ao porquê de como, e porque é que em determinados momentos litúgicos, ou vésperas, de acordo com a altura do ano. se canta ou reza assim. É sempre para nós catequese que enriquece.

E agora que belo, em cada dia as antífonas do dia com a respectiva música.
Um abraço.
SEJA POR CARIDADE!

l.c. disse...

Amigo! Tenho que continuar a dar-lhe os PARABÉNS. Este espaço rico em tudo, na verdade, está cada vez mais bonito e encantador… Gostei também muito Da música..
Graças pela formação sobre as antífonas do Ó…

Deus lhe pague pelo esforço que dedica a este cantinho do Céu nesta quadra de Advento, ajudando-nos assim a viver a vida em Profundidade, para acolhermos AQUELE que vem, (e que está no meio de nós) como MARIA, a Serva do Senhor, Pertença Plena de DEUS e totalmente dedicada ao Seu Projecto de AMOR.

Não se coloca a Si mesma ao centro, mas dá ESPAÇO a DEUS…

MARIA É GRANDE, precisamente porque não quer fazer-se grande a Si própria, mas sim, engrandecer a DEUS…

É humilde:não deseja ser mais que a serva do Senhor (Cf Lc 1,38). Aprende esta atitude de vida, escutando, acolhendo, etc. Os seus pensamentos e gestos estão em sintonia com os de Deus… Na escola de MARIA escutemos, acolhamos, meditemos, aprendamos e vivamos…

OBRIGADA por tanto. PAZ E BEM

Alda disse...

Também eu estou agradecida pela explicação sobre as Antífonas do Ó.
Hoje fiquei um mais enriquecida com o que aprendi.
"VEM SENHOR JESUS,ensinar-nos o caminho da prudência.
Paz e Bem
Alda

Francisco disse...

Frei, só faltam 6 dias para nascer o Menino Jesus, o nosso Salvador.
Adeus
Francisco (8 anos)

Albertino disse...

Olá Francisco.
É verdade, cada vez está mais próximo o dia em que celebramos o nascimento de Jesus.
Todos juntos temos que nos esforçar por fazer com que ele renasça no coração de todo o mundo.
Um abraço para ti e espero que tenhas muitas coisas boas neste natal.
Frei.

xana disse...

Amigo Frei! Mais uma vez PARABÉNS por enriquecer cada vez mais este “cantinho. Está lindo. OBRIGADA também mais uma vez pelo esclarecimento sobre as antífonas do Ò! Já lhe tinha ouvido a explicação, mas nunca é demais. Aliás havia novidade para mim, que são as antífonas de cada dia com a respectiva música. Que bonito…Toda esta partilha nos ajuda a enriquecer e a viver com mais profundidade este Tempo Forte de Advento. VEM aí o AMOR! Este tempo Forte poderá ser bem vivido através da assimilação e integração interior de vários slogans, ao jeito de gritos interiores, de clamores de fé e de oração que expressam o nosso desejo de que o Senhor venha. Nesta espiritualidade do Advento impera a esperança, a vigilância, o desejo ardente de que o Messias venha. Mostremos este nosso desejo, esta nossa esperança na oração pessoal, na reflexão e partilha de Vida; este é um modo eloquente de viver o Advento…
«Vem Senhor Jesus» repetimos cada dia na Eucaristia. Vem, não tardes! Vem porque Te desejamos e precisamos de Ti. Vem, porque o mundo mergulhado na guerra, na fome, no crime, na mentira, precisa de Ti…Vem porque as famílias vivem às vezes sem Paz, sem Amor, sem pão, sem casa, sem carinho…Vem, porque há tantos homens que Te não conhecem, que nunca ouviram falar de Ti. Vem Senhor! Vem não tardes!
Vem ó Príncipe da Paz, e ensina-nos a sermos construtores de Paz em nós e à nossa volta. Que nossas palavras, nossos sentimentos, nosso olhar, nossos gestos e actos, não tirem a Paz a ninguém…
Vem, sê em nós fonte de alegria e de Paz, de divina festa e harmonia interior, de encanto de “SER” e de “VIVER”…
Vem! Sê Deus connosco, permanece em nós e ajuda-nos a permanecer em TI, fazendo Contigo um só coração, uma só alma e uma só Vida. Dessa comunhão brotarão frutos abundantes de Paz, de Amor, de serviço, de Graça. Dessa comunhão, Tu em nós e nós em Ti, nascerão rios de água viva que nos levarão à união mística Contigo. Estabelece a Tua tenda no meio de nós…
AMIGO! OBRIGADO por tanto…
Paz e BEm

Altair disse...

Simplesmente maravilhoso...Amei
Temos também um Blog e um site. www.tesouroescondido.com Blog: www.blog.tesouroescondido.com
Graziela e Altair

Mª Teresa disse...

Caríssima Família Retalhos,
Por Deus, não me julgueis precipitamente...
Confesso meu encanto pelas Antífonas... mas as velhinhas (MESMO)... as que são expressas em Latim.
Eu (Mª Teresa)ñ as entendo, certo. Mas agora que sei que compõem um ACRÓSTICO (as coisas que também se aprendem, certo?) ERO CRAS (VIREI AMANHÃ)...
Reconheço meu embaraço para ler Antífonas em Latim... mas dificuldades em entende-las depois de "traduzidas", são BASTANTES...
Repito, com IMENSA humildade (estou fascinada com esta palavra...) seria soberbo revitalizar a composição de "ERO CRAS". Peço perdão, a todos os Irmãos e Irmãs... procedam conforme lhes compete, e não se orientem por meu gosto pessoal... Amem

AVISO LEGAL – Procurarei fazer, neste blog, uma utilização cautelosa de textos, imagens, sons e outros dados, respeitando os direitos autoriais dos mesmos. Sempre que a legislação exigir, ou reclamados os referidos direitos de autor, procurarei prontamente respeitá-los, corrigindo informação ou retirando os mesmos do blog

 
© 2007 Template feito por Templates para Você